O quimbundo em cinco testemunhos gramaticais

Maria Carlota Rosa

Resumo


O presente artigo tem por objetivo servir de introdução ao estudo de uma linguística africana em português, pré-saussureana, que começou a ser escrita no século XVII. Focalizou-se aqui o quimbundo, na medida em que essa língua foi objeto de descrições entre os séculos XVII e XIX, o que permite acompanhar as mudanças introduzidas na descrição linguística ao longo do período.

Texto completo:

PDF

Referências


AGWUELE, Augustine. Practice of Historical Linguistics and language codification in Africa. History Compass, 6(1): 1-24. 2008

ALENCASTRO, Luiz Felipe de. O trato dos viventes: formação do Brasil no Atlantico Sul. Seculos XVI e XVII. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

ALENCASTRO, Luiz Felipe de. Os africanos e as falas africanas no Brasil. In: Galves, Charlotte; Garmes, Helder & Ribeiro, Fernando Rosa (org.). África-Brasil: caminhos da língua portuguesa. Campinas: Editora da Unicamp, p. 15-25. 2009.

ALMANAQUE LAEMMERT/ Almanak administrativo, mercantil, e industrial da Corte e Província do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Eduardo & Henrique Laemmert. 1859.

ALTER, Stephen G. Darwin and the Linguists: the Coevolution of Mind and Language, Part 1. Problematic Friends. Studies in History and Philosophy of Biological and Biomedical Sciences. 38: 573-84. 2007.

ÁLVARES, Manuel. De institutione grammatica libri tres. Lisboa: João Barreiro. 1572. Ed. fac-similar: [s.l.] Junta Geral do Distrito Autônomo de Funchal, [1974].

ANGOLA, Província de. Índice do Boletim Official da Provincia d›Angola: comprehendendo os annos que decorrem desde 13 de setembo de 1845 em que foi publicado o 1º Nº até 1862 inclusive. Luanda: Imprensa do Governo, 1864.

ANÔNIMO. Ladislau Batalha (1856 - 1939): Viajante, professor, publicista, jornalista, político, pedagogo. In: Vinculados ao Barreiro, s.d. - http://www.vinculadosaobarreiro.com/15Ladislau/main.html.

AZEVEDO, Elisa Dias Ferreira de. O complexo cultural luandense oitocentista: reflexões sobre o papel da religião católica na conformação dos “filhos da terra”. Rio de Janeiro: UNIRIO/ Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em História. 2015.

BAIÃO, Domingos Vieira. O kimbundu prático ou guia de conversação em português-kimbundu, idioma falado nas regiões de Luanda e de Malange. S.l.: s.n. [1940]

BAIÃO, Domingos Vieira. O kimbundo sem mestre. Porto: Imprensa Moderna. 1946.

BALBI, Adrien. Atlas ethnographique du globe, ou Classification des peuples anciens et modernes d’apres leurs langues. Paris, Rey et Gravier. 1826.

Barbeitos, Arlindo. A “raça” ou a ilusão de uma identidade definitiva. In: GONÇALVES, António Custódio (org.). O racismo ontem e hoje. Estados poderes e identidades na África Subsariana. Papers of VII Colóquio Internacional “Estados Poderes e Identidades na África Subsariana. O Racismo ontem e hoje.” Porto: FLUP. p. 139-148. 2005.

BATALHA, Ladislau. Línguas d’África. Lisboa: Companhia Nacional Editora, 1889. (Propaganda de instrução para portuguezes e brazileiros: Bibliotheca do Povo e das Escolas, série 22, nº 175) http://purl.pt/17353

BATALHA, Ladislau. A língua de Angola. Lisboa: Companhia Nacional Editora, 1891. (Propaganda de Instrução para Portuguezes e Brazileiros : Bibliotheca do Povo e das Escolas, série 25, nº 193). http://purl.pt/17354

BATHE, William. Ianua linguarum, sive Modus maxime accommodatus, quo patefit aditus ad omnes linguas intelligendas Salmanticae. Salamanca: Franciscum de CeaTesa. 1611.

BELLOTTO, Heloísa Liberalli & Dias, Erika Simone de Almeida Carlos (orgs.). Catálogo dos documentos manuscritos avulsos existentes no Arquivo Histórico Ultramarino de Lisboa/IICT/Portugal (1581-1834): referentes à Ultramar, Serviços de partes, Visita do ouro, Contratos do sal, Brasil-geral. Rio de Janeiro: MinC, 2011.

BENDOR-SAMUEL, John. African languages. In: Daniels, Peter T. & Bright, William (eds.). The world’s writing systems. New York/ Oxford: Oxford University Press, p. 689-691, 1996.

BIRMINGHAM, David. Empire in Africa: Angola and its neighbors. Athens: Ohio University Press, 2006.

BLAKE, Augusto Victorino Alves Sacramento. Diccionario bibliographico brazileiro. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional. v 7, 1902.

BLUTEAU, Raphael. Vocabulario portuguez & latino: aulico, anatomico, architectonico ... Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesu. 8 v., 1712-1728.

BONVINI, Emilio. Repères pour une histoire des connaissances linguistiques des langues africaines. [I. Du XVIe siècle au XVIIIe siècle : dans le sillage des explorations]. In: Histoire Épistémologie Langage, n. 18, v. 2, p. 127-148, 1996.

BONVINI, Emílio. Interférences anthropologiques dans l’histoire de la linguistique africaine. Histoire Épistemologie Langage, n. 29, v. 2, p. 113-130, 2007.

BONVINI, Emílio. Línguas africanas e português falado no Brasil. In: FIORIN, José Luiz & PETTER, Margarida. África no Brasil: a Formação da Língua Portuguesa. São Paulo: Contexto, p. 15-62, 2008.

BOSTOEN, Koen & Schryver, Gilles-Maurice de. Linguistic innovation, political centralization and economic integration in the Kongo kingdom : Reconstructing the spread of prefix reduction. Diachronica, n. 32, v. 2, p. 139-185, 2015.

BOWDICH, Thomas Edward. An Account of the discoveries of the Portuguese in the interior of Angola and Mozambique. London: Printed for John Booth, 1824.

BRANDÃO, Renato Pereira. A Companhia de Jesus e o padroado português: conflito de nacionalidades no seio jesuítico. XXVII Simpósio Nacional de História–Conhecimento Histórico e Diálogo Social. Natal: 2013.

BRÁSIO, António. Monumenta missionaria africana: África Ocidental (1470-1599). Lisboa: Agência Geral do Ultramar, vol. III, 1953. Disponível em: http://repositorio.ul.pt/handle/10451/34043

CAMPBELL, Lyle & Posner, William J. Language classification: history and method. Cambridge: Cambridge University Press, 2008.

CANNECATTIM, Bernardo Maria de. Diccionario da lingua bunda ou angolense, explicada na portugueza, e latina. Lisboa: Impressão Regia, 1804. Disponível em: http://purl.pt/13927/1/

CANNECATTIM, Bernardo Maria de. Collecção de observações grammaticaes sobre a lingua bunda, ou angolense e Diccionario abreviado da lingua congueza. Lisboa: Impressão Régia, 1805. Disponível em: http://reader.digitale-sammlungen.de/de/fs1/object/display/bsb10524258_00001.html

CANNECATTIM, Bernardo Maria de. Collecção de observações grammaticaes sobre a lingua bunda, ou angolense e Diccionario abreviado da lingua congueza. Lisboa. Imprensa Nacional. 1859. Disponível em: https://archive.org/details/collecodeobs00cannuoft

CARVALHO, Henrique A. D. de. O jagado de Cassange na Província de Angola. Lisboa: Tipographia de Christovão Augusto Rodrigues, 1898.

CHATELAIN, Héli. Grammatica elementar do kimbundo ou lingua de Angola. Genebra: Typ. de Charles Schuchardt, 1888-1889.

http://www.archive.org/stream/kimbundugrammar00chatgoog#page/n28/mode/2up

CHATELAIN, Héli. Names of Angola, West Africa. Journal of the American Geographical Society of New York. n. 25, p. 304-312, 1893a.

CHATELAIN, Héli. Bantu notes and vocabularies. No. I. The Language of the Bashi-Lange and Ba-Luba. Journal of the American Geographical Society of New York. n. 25, p. 512-541, 1893b.

CHATELAIN, Héli. Folk-tales of Angola: fifty tales, with Ki-Mbundu text, literal English translation, introduction, and notes, collected and edited by Héli Chatelain. Memoirs of the American Folk-Lore Society. Boston/New York: The American Folk-Lore Society, 1894a. v. 1.

CHATELAIN, Héli. African races. The Journal of American Folklore. v. 7, n.27, p. 289-302, 1894b..

CHEVALIER, Jean-Claude. Qu’entendre par “grammaire traditionnelle”? Revue Québécoise de Linguistique. n. 15, v.2, p. 289-296, 1986.

COLE, Desmond T. The history of African linguistics to 1945. In: Sebeok, Thomas A. (ed.). Current trends in linguistics. v.7: Linguistics in Sub-Saharan Africa. The Hague/Paris: Mouton, p. 1-29, 1971.

CONSELHO ULTRAMARINO/ Brasil-Pernambuco. Requerimento do missionário capuchinho italiano, frei Jesualdo Maria de Florença, por seu procurador Bernardo Maria da Cannecattim, ao rei [D João VI] pedindo passaporte para fazer viagem à capitania de Pernambuco e o auxílio em dinheiro normalmente destinado aos missionários. - AHU_ACL_CU_ 015, Cx. 280, D.18946.

CONSELHO ULTRAMARINO/ Brasil-Pernambuco. Requerimento do missionário capuchinho italiano, frei Joaquim de Afragola, por seu procurador frei Bernardo Maria da Cannecattim ao rei [D. João VI], pedindo passaporte e esmola para fazer viagem à capitania de Pernambuco. AHU_ACL_CU_ 015, Cx. 280, D. 18956.

CUST, Robert Needham. A sketch of the modern languages of Africa. London: Trübner, 2v., 1883.

CUST, Robert. Introduction. In: CHATELAIN, Héli. Grammatica elementar do Kimbundo ou lingua de Angola. Genebra: Typ. de Charles Schuchardt, 1888-1889.

CUVELIER, J. Canicatti (de) (Bernard-Marie). In: INSTITUT ROYAL COLONIAL BELGE. Biographie Colonial Belge/ Belgische Koloniale Biografie. t.2, p. 133-134, 1951.

DARWIN, Charles. The descent of Man. In: Wilson, Edward O. (ed.). From so Simple a Beginning. The Four Great Books of Charles Darwin. Edited, with introduction by E. O. Wilson. New York/London: W. W. Norton & Co., p. 767-1248, 2006 [1871].

DAVIES, Anna Morpurgo. Nineteenth-Century linguistics. Lepschy, Giulio (ed.). History of Linguistics. London: Longman, v. IV 1998. print on demand.

DIAS, Pedro, S.J. Arte da lingua de Angola, oeferecida [sic] a Virgem Senhora N. do Rosario, Mãy, & Senhora dos mesmos Pretos. Lisboa: Officina de Miguel Deslandes, Impressor de Sua Magestade, anno 1697. Edição fac-similar: Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, 2006. Disponível em: http://200.144.255.123/Imagens/Biblioteca/YAN/Media/YAN3387-1.pdf

DUIGNAN, Peter & Gann, L. H. The United States and Africa: a history. Cambridge, Gr. Brit.: Cambridge University Press, 1984.

ECO, Umberto. The search for the perfect language. Oxford: Blackwell, transl. James Fentriss, 1995 [1993].

ELLIS, William. A narrative of a tour through Hawaii, or Owhyhee: with remarks on the history, traditions, manners, customs, and language of the inhabitants of the Sandwich Islands. Honolulu: Hawaiian Gazette Co., 1917 [1827].

ESTÊVÃO, Tomás. Arte da lingoa canarim composta pelo Padre Thomas Esteuão da Companhia de Iesus & accrescentada pello Padre Diogo Ribeiro da mesma Companhia. E nouamente reuista. & emendada por outros quatro Padres da mesma Companhia. Rachol: Collegio de S. Ignacio, 1640.

FARIA, Patrícia Souza de. A Companhia de Jesus. In: Rede Memória/Rede da Memória Virtual Brasileira, 2006. Disponível em: https://bndigital.bn.gov.br/dossies/rede-da-memoria-virtual-brasileira/religiao/a-companhia-de-jesus/

FERNANDES, Gonçalo. Primeiras descrições das línguas africanas em língua portuguesa. Confluência. n.49, p. 43-67, 2.º sem. 2015.

FERREIRA, Frederico Antônio. O imperador e o príncipe: a participação do governo imperial brasileiro na questão da crise dinástica no reino do Congo (1857 – 1860). Seropédica: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, dissertação para obtenção do grau de mestre em História, Curso de Pós-Graduação em História, 2015.

GONÇALVES, Catarina Lobo. Uma descrição missionária do quimbundo: a Collecção de Observações Grammaticaes de Fr. Bernardo Maria de Cannecattim, O. F. M. Cap. 2014. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Catarina_Lobo-Goncalves

GONÇALVES, Catarina Lobo. Um estudo sobre a Collecção de Observações Grammaticaes, de Fr. Bernardo Maria de Cannecattim, O. F. M. Cap. Rio de Janeiro: UFRJ, trabalho de conclusão de curso de graduação, 2018.

Gregersen, Edgar A. Language in Africa: an introductory survey. New York: Gordon and Breach, 1977a.

Gregersen, Edgar A. Successes and failures in the modernization of Hausa spelling In: FISHMAN, Joshua A. (ed.). Advances in the Creation and Revision of Writing Systems. The Hague: Mouton, p. 421-440, 1977b.

GUIZELIN, Gilberto da Silva. Um posto do primeiro escalão: o papel almejado pela diplomacia do Segundo Reinado para o Consulado do Brasil na província portuguesa de Angola. Anais do XXIII Encontro Estadual de História, 14, 2014.

GUIZELIN, Gilberto da Silva. Depois dos navios negreiros: a criação do Consulado Brasileiro em Luanda e as relações do Império com a colônia portuguesa de Angola, 1822-1860. Franca: UNESP, tese (doutorado em História), 2016.

Heintze, Beatrix. A lusofonia no interior da África Central na era pré-colonial. Um contributo para a sua história e compreensão na actualidade. Caderno de Estudos Africanos. n. 7/8: p. 179-207, julho 2004-junho 2005.

Irvine, Judith T. Subjected words: African linguistics and the colonial encounter. Language & Communication. n. 28, p. 323–343, 2008.

Isidoro de Sevilha. Isidori Hispaliensis Episcopi Etymologiarum sive Originum. Libri XX, Tomus I, Libros I-X Continens . W. M. Lindsay (ed.). Oxford: Ex tipographeo Clarendoniano.

Jones, William. The third anniversary discourse, on the Hindus, delivered 2d of February, 1786. In: The Works of Sir William Jones in Six Volumes. London: G. G. and J. Robinson, Pater-Noster-Row and R. H. Evans, v. 1, p. 19-34, 1799.

Johnston, Harry Hamilton. The Kilima-Njaro expedition. A record of scientific exploration in eastern equatorial Africa. And a general description of the natural history, languages, and commerce of the Kilima-Njaro district. London: K. Paul, Trench, and Co., 1886.

Jones, William. A Dissertation on the Orthography of Asiatick Words in Roman Letters. In: The works of Sir William Jones in six volumes. London: G. G. and J. Robinson, Pater-Noster-Row and R. H. Evans, v. 1., p. 175-228, [1788]1799.

Kodama, Kaori. Os debates pelo fim do tráfico no periódico O Philantropo (1849-1852) e a formação do povo: doenças, raça e escravidão. Revista Brasileira de História. 28, v.56, p. 407-430, 2008.

Koerner, Konrad (ed). Linguistics and evolutionary theory: Three essays by August Schleicher, Ernst Haeckel, and Wilhelm Bleek. Amsterdam/ Philadelphia: John Benjamins, 1983.

Kuhn, Thomas S. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Perspectiva, 1991 [1962].

Leite e Vasconcellos, José Máximo Castro Neto. Collecção official da legislação Portugueza: anno de 1863. Lisboa: Imprensa Nacional, p. 116, 1983.

Machado, Alcântara. Vida e morte do bandeirante.. Rio de Janeiro: Fundação Darcy Ribeiro, prefácio José Luis Jobim, 2013 [1930].

Malmberg, Bertil. Histoire de la linguistique: de Sumer à Saussure. Paris: PUF - Presses Universitaires de France, 1991.

Mamiani, Luiz Vincencio. Arte de grammatica da lingua brasilica da naçam kiriri. Lisboa: Miguel Deslandes, 1699.

Menezes, Sebastiao Lopes de Calheiros e. Relatório do Governador Geral da Província de Angola Sebastiao Lopes de Calheiros e Menezes referido ao anno de 1861. Lisboa: Imprensa Nacional, 1867.

Metcalf, George J. The Indo-European hypothesis in the sixteenth and seventeenth centuries. In Hymes, Dell (ed.). Studies in the History of Linguistics: Traditions and Paradigms. Bloomington: Indiana University Press, p. 233-257, 1974.

Moll, Herman. Negroland anda Guinea with the European Settlements, Explaining what belongs to England, Holland, Denmark, etc. London: Thomas Bowles & John Bowles, 1729.

Moser, Gerald. Héli Chatelain: Pioneer of a national language and literature for Angola. Research in African Literatures. N.14, v.4, p. 516-537, 1983.

Moser, Gerald. Angola. In: Gérard, Albert S. (ed.). European-language writing in sub-Saharan Africa. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, v. 1, p. 290-304, 1986.

Moura, Clóvis. Dicionário da escravidão negra no Brasil. São Paulo: Ed. da Universidade de São Paulo, 2004.

Nabo, Olímpia de Jesus de Bastos Mourato. Educação e Difusão da Ciência em Portugal: A “Bibliotheca do Povo e das Escolas” no Contexto das Edições Populares do Século XIX. Portalegre: Instituto Politécnico de Portalegre/ Escola Superior de Educação de Portalegre, diss. de mestrado em Formação de Adultos e Desenvolvimento Local, 2012.

Navarro, Eduardo de Almeida. O reino deste Mundo: o padroado e seus reflexos nas cartas de José de Anchieta. Teresa. N. 8, v. 9, p. 238-250, 2008.

N’SONDÉ, Jean de Dieu. Parlons kimbundu langue de l’Angola. Paris: L’Harmattan, 2011.

Oiticica, José. Manual de análise (léxica e sintática). Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1958 [1919].

Pacconio, Francesco & Couto, Antonium do. Gentio de Angola sufficientemente instruido nos mysterios de nossa sancta Fé. Obra posthuma, composta pello Padre Francisco Pacconio da Companhia de Iesu. Redusida a methodo mais breve & accomodado á capacidade dos sogeitos, que se instruem pello Padre Antonio do Couto da mesma Companhia. Lisboa: Domingos Lopes Rosa, 1642.

Pacconio, Francesco & Couto, Antonium do. Gentilis angollae fidei mysteriis... / per R. P. Antonivm de Covcto Soc. Iesv theologum ; Nunc autem latino per Fr. Antonivm Mariam Prandomontanum, concionatorum capucinum.... Romae : Typis S. Congreg. de Propaganda Fide, 1661.

Pacconio, Francesco & Coucto, Antonium do. Gentilis Angolae in fidei mysteriis eruditus. Opusculum reginae fidelissimae Mariae I. Iesu denuo excussum. Olisipone: ex Typographia Regia, 1784.

Pawliková-Vilhanová, Viera. Christian missions in Africa and their role in the transformation of African societies. Asian and African Studies. N. 16, v.2, p. 249-260, 2007.

PORTUGAL. Boletim do Conselho Ultramarino. Legislação novíssima. vol. IV, 1863. Lisboa: Imprensa Nacional, 1869.

PORTUGAL. Annaes do Conselho Ultramarino, parte official. Lisboa, Imprensa Nacional, série I, fevereiro de 1854 a dezembro de 1858, 1867.

PORTUGAL. Annaes do Conselho Ultramarino, parte official. Lisboa: Imprensa Nacional, série II, janeiro de 1859 a dezembro de 1861,1867.

Portugal. Boletim do Conselho Ultramarino: Legislação novíssima. Lisboa: Imprensa Nacional, v. 4, 1869.

Proyard, Liévin-Bonaventure. Histoire de Loango, Kakongo, et autres royaumes d’Afrique; rédigée d’après les mémoires des préfets apostoliques de la mission françoise. Paris/ Lyon: C. P. Berton; N. Crapart/ Bruysset-Ponthus, 1776.

Ptolemy, Claudius. The geography. New York: Dover Publications, transl. & ed. by Edward Luther Stevenson, with an introduction by Joseph Fischer, 1991.

Queiroz, Antônio Carlos. Politicamente correto & direitos humanos. Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos, 2004.

Queiroz, Artur. Um jornalismo de combate pela liberdade e autonomia. Cultura, Jornal Angolano de Artes e Letras, s.d.

quintiliano, Marcos Fábio. Instituição oratória.. Campinas: Editora da Unicamp, trad. e notas Bruno F. Basseto, 2015. 4vv.

Ribeiro, Maria Cristina Portella. Ideias republicanas na consolidação de um pensamento angolano urbano (1880 c.-1910 c.): convergência e autonomia. Lisboa: Universidade de Lisboa, dissertação de mestrado em História da África, 2012.

Rodrigues, Jacinto. A Especificidade do Imaginário Colonial nos Romances de Aventuras de Ladislau Batalha. s.d. Disponível em: http://jacintorodrigues.blogspot.com/p/ladislau-batalha.html

ROSA, Maria Carlota. As línguas bárbaras e peregrinas do Novo Mundo segundo os gramáticos jesuítas: uma concepção de universalidade no ensino de línguas estrangeiras. Revista de Estudos da Linguagem. N. 6, p. 97-149, 1997.

Rosa, Maria Carlota. Uma língua africana no Brasil Colônia de Seiscentos: o quimbundo ou língua de Angola na Arte de Pedro Dias, S. J. Rio de Janeiro: 7Letras, 2013.

Rosa, Maria Carlota. E se tivesse de ler em voz alta, numa língua desconhecida, não ouvida antes? Rio de Janeiro: M.C. Amaral Paixão Rosa, 2016. Disponível em: http://hdl.handle.net/11422/1236

Schleicher, August. La théorie de Darwin et la Science du Langage/De l’importance du langage pour l’Histoire Naturelle de l’homme. In: Recueil de travaux originaux ou traduits relatifs a la Philologie & a l’Histoire Littéraire avec un avant-propos de M. Michel Bréal. Paris: A. Franck, trad. M. de Pommayrol, 1868 [1. ed. 1863/1864].

SchÜLer, C. J. Cartografando o mundo. Paris: Éditions Place des Victoires, 2010.

Smith, George. The dictionary of national biography, second Supplement. London: Smith, Elder & Co., vol 1 [1885-1912], 1912.

Souza e Oliveira Jr, Saturnino de. Algumas reflexões sobre a séde das moléstias. These apresentada á Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro e sustentada no dia 13 de dezembro de 1847. Rio de Janeiro: Typ. do Diario, de N. L. Vianna. 1847.

Souza e Oliveira, Saturnino de. Diccionario da Lingua Nbundu ou Ngolense Tomo 1º - Nbundu para Portuguez . Luanda: Imprensa do Governo, 1864.

Souza e Oliveira, Saturnino de & Francina. Manuel Alves de Castro. Elementos grammaticaes da língua bunda. Luanda: Imprensa do Governo, 1864.

Starr, Frederick. A bibliography of Congo languages. Chicago: The University of Chicago Press, 1908.

Suite du recueil des pieces concernant le bannissement des Jesuites de toutes les terres de la domination de Sa Majesté Catholique: Denombrement general des Maisons, Collèges, Résidences, Séminaires, & Missions des Jesuites dans tous les pays du Monde. s.d.. S.l.: s.n., [ 17--].

Tavares, José Lourenço. Gramática da língua do Congo (kikongo): (dialecto kisolongo). Luanda: Imprensa Nacional de Angola, 1915.

Taylor, William. Bishop Taylor’s African Missions. In: Smith, Eugene R. (ed). The Gospel in all lands [for year 1888]. New York: Missionary Society/ Methodist Episcopal Church, 1888.

The Missionary Herald. n. 81, v.10, out. 1885.

Thornton, John. Angola e as origens de Palmares. In: Gomes, Flávio (org.). Mocambos de Palmares: histórias e fontes (séculos XVI-XIX). Rio de Janeiro: 7Letras. 2010, p. 48-60.

Thornton, John K. A Cultural History of the Atlantic World, 1250-1820. Cambridge: Cambridge University Press, 2012.

Thornton, John K. Conquest and Theology: The Jesuits in Angola, 1548–1650. Journal of Jesuit Studies. v. 1, n.2, 2014, p. 245 – 259

Verdelho, Telmo. A propósito de três centenários: Manuel Álvares, Bento Pereira e Marquês de Pombal. Brigantia. v. 2 , n.4, out-dez 1982, p. 347-356

Villares, Artur. As ordens religiosas em Portugal nos princípios do século XX. Revista de História. n. 13: p. 195-223, 1995.

Villas Bôas, Felipe Pires. Portugueses, moradores e sobas em Golungo Alto, Angola: Negociação e conflito em narrativas de militares, (c. 1840 c. 1860). Campinas: Unicamp, dissertação de mestrado, 2018.

Villela, Clarisse Martins. Hospícios da Terra Santa no Brasil. São Paulo: USP. tese de doutorado, 2015.

Walsh, Thomas J. Spelling lapses in early medieval Latin documents and the reconstruction of primitive Romance phonology. In: WRIGHT, Roger (ed.). Latin and the Romance languages in the early middle ages. University Park, Pa.: Pennsylvania State University Press, p. 205-218, 1996.

Xavier, Francisco da Silva. Fonologia segmental e supra-segmental do Quimbundo: variedades de Luanda, Bengo, Quanza Norte e Malange. São Paulo: USP, tese de

Xavier, Francisco da Silva. Fonologia segmental e supra-segmental do Quimbundo: variedades de Luanda, Bengo, Quanza Norte e Malange. São Paulo: USP, tese de doutorado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Semiótica e Linguística Geral, 2010. doutorado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Semiótica e Linguística Geral, 2010.

Zau, Filipe. O nascimento do clero africano em Angola. Jornal de Angola.19 jul. 2011. Disponível em http://jornaldeangola.sapo.ao/cultura/o_nascimento_do_clero_africano_em_Angola 2011a.

Zau, Filipe. O ensino em Angola à entrada do século XX. Jornal de Angola. 18 out. 2011. Disponível em http://jornaldeangola.sapo.ao/cultura/o_ensino_em_angola_a_entrada_do_seculo_xx 2011b.




DOI: http://dx.doi.org/10.18364/rc.v1i56.315

ISSN: 2317-4153 | Indexadores