A prosódia nas atitudes dos falantes: o caso da ironia

Polliana Teixeira Alves, Vera Pacheco

Resumo


RESUMO: O presente estudo teve como objetivo investigar como os parâmetros prosódicos se comportam na expressão da atitude de ironia. O estudo contou com um corpus de fala espontânea, composto por enunciados irônicos e não irônicos. Escolhemos como unidade de análise, a frase entoacional (I), constituinte prosódico proposto no modelo de fonologia prosódica de Nespor e Vogel (1986). As frases entoacionais foram analisadas acusticamente por meio dos parâmetros de frequência, pitch, duração relativa e velocidade de fala.. Os resultados encontrados revelaram que a atitude de ironia em todos os contextos analisados foi caracterizada por uma frequência fundamental (F0) mais elevada.

PALAVRAS-CHAVE: prosódia; atitude; ironia; acústica.

Texto completo:

PDF

Referências


AUBERGÉ, Véronique. A Gestalt Morphology of Prosody Directed by Functions: the Example of a Step Model Developed at ICP. In: Proceedings of the 1st Conference on Speech Prosody. 2002.

COUPER-KUHLEN, E. An Introduction to English prosody. Baltimore: Edward Arnold,1986

CANAL RISODROMO. Chico Anísiso faz stand-up sobre sua falsa morte em 1978. Disponível em:https://www.youtube.com/watch?v=kXRutCArMjI&list=PLRlev8a8tECeo54jkfl9vpePprZBzXsY. Acesso em: 16 de março de 2015.

FÓNAGY, Ivan. As funções modais da entonação. In: Caderno de Estudos Linguísticos. Campinas, n. 25, p.25-65, 1993.

FLUIZ. Marília Gabriela entervista Jô Soares GNT parte 1. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=qJfPY9PSCtI>. Acesso em: 14 de agosto de 2015.

GRICE, H.P. Lógica e coenversação. Trad. De João Wanderley Geraldi, s/d. In: DASCAL, M (org). Fundamentos metodológicos da linguística. Campinas, Ed. Do Autor, V, IV 1982.

HUTCHEON, L. Teoria e política da ironia. Trad. Julio Jeha. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2000.

MORAES, J., RILLIARD, A. MOTA, B. & SHOCHI, T. Multimodal perception and production of attitudinal meaning in Brazilian Portuguese. Proceedings Speech Prosody, 2010.

MORAES, J. A., RILLIARD, A., ERICKSON, D. & SHOCHI, T. Perception of attitudinal meaning in interrogative sentences of brazilian portuguese. In: Proceedings of the 17th International Congress of Phonetic Sciences. Hong Kong, 2011.

MUECKE, D. C. Ironia e irônico. São Paulo: Perspectiva, 1995. (Coleção Debates).

NESPOR, Marina e Irene VOGEL, 1986. Prosodic Phonology. Dordrecht: Foris.

ONYX LORENZONY. CPI Petrobrás Renato Duque. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=3WyMVttYXqU >. Acesso em: 18 de abril de 2015.

PAULA, K. M. O papel da prosódia na ironia como expressão de atitude. 2012. 92 f. Dissertação (Mestrado) Universidade Federal de Minas gerais. Faculdade de Letras – Belo Horizonte: UFMG/FALE, 2012.

SEARLE, John R. Expression and meaning. Cambridge: Cambridge University Press, 1979.

SILAS MALAFAIA OFICIAL. Pr. Silas Malafaia Responde a Ironia de Lula Contra Pastores. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=R70-lVXQbfI>. Acesso em: 22 de maio de 2015.

THE NOITE COM DANILO GENTILI. Silas malafaia- Exclusivo sem cortes na Web. Disponível em:https://www.youtube.com/watch?v=TTm7tFNarF8>. Acesso em: 12 de agosto de 2015.

TVBRASIL. Chico Anísio (08/10/2008)- 3 a1. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=29cJUzNgSfI>. Acesso em: 14 de agosto de 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.18364/rc.v2i53.189

ISSN: 2317-4153 | Indexadores